sexta-feira, maio 26, 2006


RECONQUISTA DE SI MESMO



A partir de uma correspondência recebida, na qual a pessoa falava sobre as pessoas que sofrem de solidão afetiva, surgiu-me a idéia de escrever sobre isto, sempre com o intuito de ajudar às pessoas.
Não sabia como começar. Como em outras ocasiões, durante minha caminhada recordei-me de um fato: Certa ocasião, há mais de dois anos, assisti uma entrevista de uma pessoa que escrevera um livro relatando sua experiência de vida.
Ela conseguira emagrecer 61k, sem cirurgias, só com tratamento. Estava muito bem, mantendo-se saudável já há cinco anos.Na época, pensei, que se ela tinha conseguido aquele feito eu também poderia conseguir. O que a fizera obter aquele resultado não era o fato de ter posses, de ser rica, mas algo dentro dela a levara a lutar pelo que desejava.
Ela acreditara em si mesma, em sua força, em seu potencial.
Aquilo me ajudou e iniciei minha empreitada pessoal. Busquei força, fé, coragem, determinação dentro de mim.Recuperei minha auto-estima, acreditei em mim.
Vejo que a baixa auto-estima ou a ausência dela é um dos fatores que podem levar as pessoas ao desânimo, à solidão, pois elas não se julgam merecedoras de sentimentos bons, de afeto, de atenção, nem de si mesmas, quanto mais das outras pessoas. Então, o primeiro passo é acreditar que todos tem condições de se desenvolverem, enfrentar dificuldades, realizar suas potencialidades, concretizar seus sonhos, superar seus medos, inseguranças e estabelecer relações pessoais satisfatórias, enriquecedoras , prazerosas, superando a depressão.
Ter sentimentos negativos faz parte da vida, mas isto não pode nem deve ser uma constante, nem podemos sucumbir a eles, deixar que dominem nossa mente, e nos torne pessoas engessadas, sem possibilidade de movimento e de ascensão.
É preciso desenvolver o respeito por si mesmo, atender às próprias necessidades, sem que isto implique em egoísmo, nem em infringir os limites ou direitos alheios, mas reconhecer os próprios limites e valores, buscando sempre o aperfeiçoamento como ser humano. Isto ocorre depois de um reconhecimento interior.Com o interior sereno, torna-se fácil buscar o que está fora de si mesmo.Como diz C.G.Jung, “Quem olha para dentro acorda.”
Publicado no Diário da Manhã-Pelotas-RS
Data:2006.02.28
Publicado no site:http://recantodasletras.uol.com.br/
Data:2007.07.08
Publicado no site:http://rabiscos.terra.com.br/
Data:2007.07.10
Publicado no site:http://www.usinadaspalavras.com/
Data:2007.08.12


Data:2009.04.19


Data:2009.05.16


Data:2009.07.13
crédito de imagem

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home