sexta-feira, maio 26, 2006

O MELHOR PRESENTE                                      


Presentear é muito bom. É um ato que fazemos para agradar a outra pessoa.É uma demonstração de carinho,de afetividade.Muitas vezes o simples fato de podermos proporcionar um momento de gratificação para alguém que queremos bem, que amamos já é o suficiente para também nos deixar felizes.
Não importa o valor monetário do que é ofertado, mas o quanto de nós vai naquilo que damos,o cuidado que tivemos para escolher algo adequado,que seja desejado ou útil e que além de tudo isso esteja dentro de nossas possibilidades.
Há os que gostam de presentes embalados com muito cuidado, muito esmero,outros valorizam a surpresa do momento.Há também,quem só leve em conta o sentimento que está subentendido por trás de todo este aparato.
Mas, me pergunto, porque não podemos ser o presente ?
As pessoas são o melhor presente, quando elas se doam,se dispõem a ser o ombro amigo,a pessoa certa ,no lugar e no momento certo,quando muitas vezes só precisa estar disposta a ouvir um desabafo,a dar um pouco de seu tempo para quem está só.
Saber ouvir é importante. É preciso encontrar tempo para ouvir .Isso nos leva a compreender melhor as pessoas e entender suas emoções.Isto melhora a auto-estima.A incapacidade de ouvir,ao contrário,impede uma comunicação mais profunda,causa bloqueios.
Ser amável e gentil, fazer um elogio sincero mostrando ao outro suas qualidades,pode ser o reforço positivo que alguém esteja precisando receber. Assim co mo uma palavra rude pode ser a gota que faltava para criar uma situação de conflito,uma palavra gentil, que mostre que o outro é importante ,pode ser suficiente para desarmar uma pessoa e apaziguar uma situação.
Temos nos preocupado muito com as coisas materiais, com o apego de possuir mais e o que existe de melhor ou mais moderno e acabamos passando a mensagem de que isso é o mais importante.
Temos que nos cercar é de pessoas e não de coisas.Elas é que nos enriquecem.Desfrutar de lugares e momentos que possam nos transmitir sentimentos e lembranças agradáveis, que possam nos preencher de coisas boas,pois elas serão as reservas que nos darão forças nos momentos difíceis.
Temos que viver, isto implica em ter atividades que possam beneficiar nosso físico e alimentar nosso espírito.Temos que nos sentir satisfeito conosco.Se nos sentirmos completos,teremos o que repartir.Quanto mais repartirmos coisas boas, sentimentos bons,mais eles se multiplicam.
Quanto mais nos doamos ,mais enriquecemos.Este é sem dúvida o melhor caminho, gerador de paz e de harmonia.
Publicado no Diário da Manhã-Pelotas-RS
Data:2006.02.02
Publicado no Diário Popular-Pelotas-RS
Data:2006.02.20
Publicado no site:http://rabiscos.terra.com.br/
Data:2007.06.25
Publicado no site: http://recantodasletras.uol.com.br
Data:2007.07.03
Publicado no site: http://usinadaspalabras.com/
Data:2007.08.12
Publicado no jornal on line: http://www.jornal3milenio.com.br/
Data:2007.10.15
Publicado no blogue: http://icsvargas.bloguepessoal.com/
Data: 2007.10.27
Publicado no site:http://gavetadoautor.sites.uol.com.br/
Data:2007.12.04
Publicado no site:http://www.textolivre.com.br/
Data:2008.10.09
Publicado no site:http://www.gostodeler.com.br/
Data:2008.10.09
Publicado no site:http://www.escrita.com.br/
Data:2008.10.21
Publicado no site:http://www.euautor.com.br/
Data:2008.12.06
Publicado:Eldorado, coletânea de Poemas, crônicas e contos/Celeiro de Escritores, Santos/SP:Editora Comunicar,2008 Vol.XI
Publicado no e-book Pensamentos Dispersos em http://www.celeirodeescritores.org/ na Galeria Literária
Publicado no site:http://www.paralerepensar.com.br/
Data:2009.11.25

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home