sexta-feira, maio 26, 2006

INCENTIVO




Em um artigo publicado há poucos dias, enumero os benefícios da caminhada, para a saúde. Coloquei ali o resultado de conclusões pessoais.
Recebi uma correspondência de uma leitora do Diário Popular expondo-me suas necessidades e dizendo-me que o que eu escrevera a fizera lembrar de um livro que lera, chamado A Cidadela, onde o personagem desperta para a vida, após um período de depressão, através da ajuda de um amigo e das caminhadas. Disse-me , também , que minhas conclusões iriam servir de incentivo para ela.
Confesso que li o livro há mais de 30 anos e não me recordo do conteúdo, mas, certamente. procurarei relê-lo.
Esta semana, lendo Caminhos para Liberdade, de Anselm Grün, encontrei um trecho que me fez lembrar da leitora, por isto resolvi retornar ao tema, já que não tenho como me dirigir a ela, para enfatizar o assunto do livro por ela citado.
O autor, que é monge, conselheiro espiritual e grande estudioso de psicologia, fala das pessoas que tem medo do silêncio, que estão constantemente em fuga. Em função disso, o autor organizou uma caminhada,onde os participantes deveriam caminhar em silêncio.Houve quem protestasse, por medo do que poderia vir à tona.Entretanto,após o feito, perguntaram quando poderiam repetir a experiência , com os belos pensamentos.
A caminhada e o silêncio resultaram em pensamentos e reflexões.
Quando não queremos refletir, procuramos um sem número de atividades, que nem sempre nos gratificam, só para nos mantermos ocupados e não pensar. Mas se não enfrentarmos nossos pensamentos, nossas verdades, não nos sentiremos livres.
A reflexão harmoniza nosso interior. Ficamos concentrados em nós mesmos, nos damos atenção, tempo e esforço.Isto faz com que nos liguemos em nossas reais necessidade.Nos dá oportunidade de rever sentimentos,ações e mudar comportamentos.Pode nos despertar e fazer com que alteremos velhos paradigmas.Tudo isso nos conduz à satisfação interior.Uma vez satisfeitos, irradiamos sentimentos bons e acabamos harmonizando o ambiente e as pessoas que nos cercam.
Assim, espero estar contribuindo mais com a leitora que generosamente me incentivou a continuar escrevendo.
Publicado no Diário Popular-Pelotas-RS
Data:2006.02.11
Publicado no site: http://recantodasletras.uol.com.br
Data:2007.07.06


0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home