domingo, julho 18, 2010






Sem escolha



Não me peçam

Para não chorar

Para seguir a vida

Para aceitar a morte.

Não é preciso aceitar

 O inexorável

Que por si só se impõe

Coloca pontos definitivos

Não deixa saída

Destrói tudo impiedosamente

Por isto só me resta o pranto

Em meio aos fragmentos de meu ser.






créditos de imagem

http://www.fractarte.com.br/galeria2/Fragmentos.jpg

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home