terça-feira, junho 15, 2010

HORIZONTE  
             


Busco no horizonte







A linha que me leva a ti







Que me faça teu rosto enxergar







Para matar esta dor







Que esmaga meu peito.







Nos raios de sol







Vejo o fulgor de tua mocidade






Tão brutalmente ceifada.





Deixando um rastro indescritível de perplexidade e  incredulidade.


Para todos os que te amam.





Publicado no Diário da Manhã-Pelotas-RS
Data:2010.09.04
Publicado na Antologia Literária Cidade V
Belém: L&A Editores,2010

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home