quarta-feira, junho 09, 2010

SILÊNCIO

                                                                                             




O sol nasceu



E MEU FILHO ESTÁ MORTO



O céu continua azul



E O CÉU PRESENTE EM SEUS OLHOS ESCURECEU



O frio chegou



E NOS ATINGIU POR INTEIRO



GELOU SEU CORPO



ATINGIU NOSSAS ALMAS



A Chuva caiu



E NÃO FEZ BROTAR A SEMENTE



A VIDA PARALIZOU

                                                                                                              

A DOR SE ESPALHOU



A ESPERANÇA ADORMECEU...




Publicado no Diário da Manhã-Pelotas-RS
Data:2010.08.18-pag.11-Quinta-feira
Publicado na Antologia Literária Cidade V
Belém: L&A Editores,2010

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home