segunda-feira, junho 14, 2010



Sabe quem eu sou? Sabe quem eu tenho?     




Eu tenho o melhor anjo do mundo! O nome dele é Roberto! Sabe porque é um anjo?? Porque Deus levou pra perto dele, porque esse mundo aqui tem muita maldade pra ele!

Sabe o que ele me ensinou? TUDO! Absolutamente tudo!

Ele amava a família como ninguém. Era quieto, silencioso, mas quem disse que precisa gritar pra marcar presença? O Ro nunca precisou gritar pra alguém saber que ele tava ali. O jeito quieto dele era “presencial”, era “marcante”, era “decisivo” nas festas de família. O máximo que alguém conseguia era ouvir um: Cala a boka. Sim...nesse mundo que vivemos o máximo que ele dizia era “Cala a boca”...

Amigos? Putz... dispensa qualquer comentário. Ele simplesmente marcou espaço desde o início do Gonzaga, por todos os anos. Hoje a gente vê que simplesmente ele é especial para TODOS que conviveram com ele. Ele sempre ensinou algo. Era um verdadeiro MESTRE.

E não foi a toa... virou professor! Ele não foi só professor da IFSUL... é nosso MESTRE DA VIDA!



Não há palavras que definam ele...

Ele se foi... há exatamente 1 semana...pra um lugar muito melhor que esse aqui... mas deixou muitoo em nós...

Foram 23 anos de missão cumprida! De muita luz e sabedoria! Simplesmente..uma pessoa inesquecível!



Ro...vou te amar pra sempre e pode ter certeza que tu serás sempre meu anjo! O melhor anjo que qualquer pessoa pode ter!!!

Vai ser minha companhia nos melhores momentos... e a partir de hoje não existirão piores momentos...pois já passei o pior...!

Te tenho me guiando... em todas as minhas escolhas... e confia em mim! Não vou te decepcionar...

Não verás tua priminha louca triste, nem desanimada com a vida...és o meu mestre e meu exemplo...

Tivesses uma grande família, os grandes amigos e um grande amor...! E é isso que eu levarei sempre comigo...



TE AMO!



Por onde quer que eu vá vou te levar pra sempre

A culpa não foi sua

Os caminhos não são tão simples, mas eu vou seguir

Viajo em pensamento

Numa estrada de ilusões que eu procuro dentro do meu coração



Toda vez que fecho os olhos é pra te encontrar

A distância entre nós não pode separar

O que eu sinto por você não vai passar

Um minuto é muito pouco pra poder falar

A distância entre nós não pode separar

E no final, eu sei que vai voltar"



ROBERTO VARGAS, MEU ANJO NO CÉU! OLHA POR NÓS!


Giovanna Ceccagno
.................................................................................
21.06.2010                                                                     
                                                                                                       



Decorridos quase trinta dias sem a presença dele, acreditei que pudessem os sentimentos estarem mais acomodados. Não menos dolorosos. Apenas acomodados.


Nem sempre entendemos muito bem porque determinadas coisas acontecem ,principalmente quando essas coisas arrancam partes de nós sem ao menos nos avisar, nos preparar ou nos pedir permissão. Contudo, a racionalidade tem que imperar porque a realidade é dura e implacável. Tal como a vida . E a morte.

Vida e Morte. Duas antíteses .Duas realidades que muitas vezes nos tira do prumo, nos deixa sem ar, nos faz cair num buraco do qual pensamos nunca mais sair.

Se tivéssemos pensado que numa fração de segundos não teríamos mais a presença dele ,o sorriso largo e tímido,que não contemplaríamos mais aqueles olhos azuis,as vitorias e as conquistas, se tivessem dito...não mudaria nada!!!!!!!!!!!!A dor dilaceraria nossos corações, como agora.

De uma hora para outra, sento-me aqui para falar desse cara incrível que embelezou a vida de todas as pessoas que conviveu, que fez feliz as pessoas que amou e que o amaram,que encheu de orgulho a todos e que apostava que aquele jeito lindo de ser ,leve, responsável e carinhoso ainda chegaria ao topo do mundo. Penso nisso e é inevitável não chorar . Inevitável a dor. Inigualável o significado do ALEMÃO nas nossas vidas e a falta que ele faz no dia a dia da família.

Ele não tinha muitas pretensões. Ou pelo menos não eram spilberianas. A felicidade era seu objetivo. Ser feliz na família e com ela, no trabalho e com sua namorada. Fez isso todos os dias de seus 23 anos.

Sua fisionomia era sempre digna de ser contemplada até na despedida para a eternidade. Sua trajetória foi interrompida .Seus planos e projetos ficaram em aberto. Ficou o exemplo. Ainda estamos perplexos. Realidade dura e implacável. Ausência. Saudade.Dor.

Apesar de chorar pela ausência, pela saudade , pela certeza de que a despedida realmente aconteceu, acredito que a trajetória mais linda ainda está por acontecer. Aqui, silencio doloroso. No céu, no infinito, no desconhecido , um astro. Então que rufem os tambores!!!!! Ele está entre os deuses !!!!!! Que os anjos o reverenciem !!! Daqui apenas continuamos amando-o sobretudo. " Descansa em Paz Roberto. Te amarei para sempre. “
Cristina Ceccagno
Publicado no D.Popular e D.Manhã-Pelotas-RS
Data:2010.06.21

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home