terça-feira, janeiro 16, 2007

ALMA E CORAÇÃO DA ECONOMIA


Encontrei meu prezado amigo Samir Curi Hallal,empresário e professor da Faculdade de Economia da UCPEL,apaixonado pela profissão e também por Pelotas.
Nas palavras trocadas,o pedido para que eu escrevesse sobre os 70 anos da Faculdade de Economia,ao que respondi que ninguém melhor do que ele para fazê-lo.
Gentilmente ele replicou dizendo que queria alma, coração,sentimento...
Não sei escrever “por encomenda”,mas me comprometi tentar fazê-lo.Então,fui procurar subsídios para escrever.
Na década de 30,Pelotas tinha quatro faculdades.Direito,Farmácia,Odontologia e Agronomia (a mais antiga do país).
A Faculdade de Economia foi criado pelos Irmãos Lassalistas,por iniciativa do Irmão Fernando.
Graças ao prestígio do Senador pelotense Augusto Simões Lopes,os trâmites para autorização da faculdade ocorreram com celeridade.A autorização foi concedida pelo ofício de número 699,de 22 de fevereiro de 1937. O reconhecimento ocorreu anos mais tarde, através do Decreto 24.730 publicado no Diário Oficial da União em 26.04.1948.
O prédio era na esquina da Rua Anchieta com Praça José Bonifácio,pertencente ao Colégio Gonzaga.A solenidade de abertura aconteceu no dia 06 de abril de 1937.
O curso era feito em três anos, tendo entre as disciplinas, Contabilidade de Transportes, Direito Constitucional e Civil, Economia Política, Direito Internacional e Comercial, Ciências da Administração, Legislação Consular, Psicologia, Lógica, Ética, Sociologia, Direito Administrativo, História Econômica da América, Contabilidade Pública, Finanças e Economia.
Em 1939 formou-se a primeira turma da Faculdade de Ciências Econômicas com 23 bacharéis, que se revelaram pessoas de grande destaque não só na cidade, como para toda a região sul, no desempenho de suas atividades. São eles:Albio B.Xavier, Antenor P. de Castro,Alvacir Faria Collares (de quem tive o prazer de ser aluna,na Faculdade de Direito,na disciplina de Direito Romano) Alcindo Simões,Artur Wohlfeil,João Neves Antunes,Lindolfo A. Wrege,Nelson Kraft,Oscar M. Abreu,Oswaldo Barbosa de PinhoLouzada (de quem também fui aluna) Pedro S. Vieira,Pedro Torres Diniz, Ciro Tavares de Oliveira,Eugênio M. Pereira,Félix S.Rosa,Francisco R.Petrucci (cujo nome foi dado à Escola Estadual ,sendo que tive suas duas filhas como colega,tanto no primário,quanto na faculdade e de quem tenho a alegria de ser amiga) Irmão Gregório, IrmãoCelsoEstevão,HogierMallmannConceição,HugoB.Xavier,HugoS.Gaspar e
Jaime B. Xavier.
Foram diretores da Faculdade de Ciências Econômicas: Irmão Fernando, Irmão Celso Estevão, Alvacir Faria Collares e Benildo Amadeu, Irmão Lassalista (Jacob José Parmagnani), autor do Memorial dedicado ao Centenário do Colégio Gonzaga e várias outras obras, com quem mantivemos contato durante os preparativos dos festejos do centenário do Colégio Gonzaga, por ter tido a honra de fazer parte da comissão organizadora dos referidos festejos.
. Por volta dos anos de 1952 e1954 surgiu um esboço de movimento entre
professores e alunos no sentido de federalizar a faculdade. Nesta época ,dirigia a
faculdade Benildo Amadeu,que recebeu a ordem de entregar a faculdade ao Bispo
D.Antônio Zattera. Sem maiores questionamentos assim foi feito.
A Faculdade de Economia foi o embrião da Universidade Católica de Pelotas. Ao longo dos anos a faculdade foi sofrendo modificações em sua estrutura. Atualmente, faz parte da Escola de Ciências Econômico-Empresariais .O curso foi reformulado tendo nova matriz curricular.
Hoje o curso tem oito semestres,uma carga horária de 3000 horas, desenvolve-se no turno da noite, possui um Núcleo de Pesquisa e Estudos que é formado pelo Núcleo de Pesquisas Econômicas,Administrativas e Sociais-Nupeas,o Instituto Técnico de Pesquisa e Assessoria-ITEPA,Escritório de Desenvolvimento Regional-EDR e Incubadora de Empresas.Tem hoje uma nova proposta de ensino voltada para ênfase em finanças ,especialmente o Mercado de Capitais, mas prepara os alunos também para orientarem as empresas no que se refere a Comércio Exterior,elaboração e análise de orçamentos,análise da conjuntura econômica,realização de perícias financeiras entre outras competências.
O atual Coordenador do Curso de Economia é Dary Pretto Neto,Ms.em Economia pela UFRGS.
Conta com professores que se dedicam por décadas à Instituição,entre eles o Professor Samir (Patrono da Turma de Bacharéis de 2005/2),competente, abnegado,apaixonado pelo que faz,exemplo de profissional que não busca resultados para si,mas para todos, procurando elevar sempre mais o nível dos alunos que a Universidade coloca no mercado,incentivando-os no desenvolvimento de suas habilidades ,procurando sempre ser um conciliador, além de abrir caminhos,dar espaços e oportunidades,concomitante ao ensino da economia como algo que deve permear o dia a dia dos alunos,do cidadão e não como conhecimento estanque ,só com conteúdo histórico,dissociado da realidade circundante,mas como saber sempre em evolução,acompanhando as modificações que ocorrem na sociedade,sem esquecer de neles inserir e deixar bem forte preceitos éticos que devem sempre nortear a conduta de um profissional exigente e comprometido com a sociedade em que vive,tudo isto pautado numa linguagem bem acessível a todos.
A alma da ECONOMIA está,portanto, naqueles empreendedores que a criaram,mantiveram,desenvolveram e naqueles que a compõem e que a ela se dedicam numa incrível disposição de colocar os interesses da comunidade em primeiro lugar,incentivando e proporcionando a formação de profissionais de ótima qualificação,comprometidos com o bem estar , com a responsabilidade social e o desenvolvimento,sempre norteados por valores e princípios baseados na ética ,na moral e na boa cidadania.
Fonte:Memorial do Colégio Gonzaga-1995
Site da UCPEL
Publicado no Diário da Manhã-Pelotas-RS
Data:2007.01.16

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home