segunda-feira, dezembro 18, 2006

ESTRELLA DE LUZ



Manhã de um lindo domingo de sol. Aproveito o silêncio para me concentrar em tarefas no computador.Verificar e-mails,gravar fotos,gravar artigos.
O telefone toca. Pois é a ESTRELLA que me liga. Tínhamos que acertar pequenos detalhes à respeito da palestra que eu a convidara para fazer.Tivemos uma longa conversa, na qual pude perceber inúmeras coisas.Eu já lhe dissera que apesar dos anos terem passado eu ainda a via com o rosto da menina que me acostumara a ver na época da faculdade.Pois nesta manhã,senti que ela ainda tem o ímpeto e o coração desarmado daquela menina.Ela não percebe isto.É capaz de chorar como aquela menina e não tem vergonha das lágrimas, é capaz de se indignar com o fervor daquela menina e mesmo sentindo-se enganada em certas situações,não deixa de acreditar nas pessoas.Tem uma força imensa,mas parece duvidar disto.É pura sensibilidade.Extravasa sentimentos em cada gesto,em cada palavra,creio que em cada olhar.E é isto que não a deixa sucumbir a cada revés que a vida lhe apresenta.
È tão intensa, tão plena que consegue buscar forças, alento em si mesma. Luta. Não se entrega. Mesmo ferida seu desempenho não é o de vítima,mas de guerreira.Consegue ser sua própria companheira e o que é importante,gosta desta companhia,mesmo sentindo falta em certos momentos de um ombro amigo para junto ajudá-la a carregar os fardos mais pesados.
É uma pessoa em constante mutação, pois em constante aprendizado. Passa longe dos sentimentos egoístas,pois propõe-se a ensinar o que sabe de forma gratuita e generosa.
Como a maioria das mulheres de nossa geração, vive múltiplos papéis. Não é tão somente a ESTRELLA,pessoa pública, desnudada através de suas crônicas,de suas poesias,de seus livros,mas a mãe amorosa,orgulhosa de seus filhos,espelhos que a refletem,a dona de casa,que não descuida de seu ninho,que se programa para cumprir suas tarefas e mesmo assim encontra tempo para olhar pela janela,conforme me revelou.Em meio a tudo isso,ela consegue desacelerar,parar, observar,sentir a vida ao seu redor.Ouvir o pássaro que canta,ver a beleza de um por- do sol , da flor que desabrocha,ouvir a música que lhe remete às recordações.
É alguém que vive intensamente cada momento, pois também aprecia cada alvorecer, cedo despertando para mais um dia. Não quer perder nada do que a vida lhe oferece.
Como seu próprio nome define, são muitas em uma só. A Maria , que à semelhança da Virgem,carrega as dores do mundo,a Alice da fábula,que sonha com um mundo diferente e a Estrella que serve de guia e indica caminhos a todos que a conhecem.
Publicado no Diário Popular-Pelotas-RS
Data:2006.12.17
Publicado no site:http://www.recantodasletras.com.br/homenagens/3496871
Data:2012.02.13

Marcadores:

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home