quarta-feira, novembro 20, 2013

MOSTRA DE POESIAS PUBLICAÇÃO DIÁRIO POPULAR

Poemas de superação20 de Novembro de 2013 - 08h40

Mostra expõe poesias fruto de situações difíceis

Para lidar com o sofrimento, a autora desviou sua atenção para a escrita e escolheu a poesia como suporte



Por: Max Cirne

 (Foto: Moizés Vasconcellos - DP)
(Foto: Moizés Vasconcellos - DP)

Quando a dor fica insuportável, escrever é a cura. Funcionou assim para Isabel Vargas, jornalista e autora de contos e crônicas que, após passar por uma série de situações difíceis, encontrou-se na poesia. O resultado produtivo desse período de superação pode ser desfrutado na mostraEmoções e sentimentos - Retrospectiva poética, aberta à visitação no Espaço Arte Chico Madrid da Sociedade Científica Sigmund Freud, em Pelotas.
Isabel vem de uma longa trajetória literária. Começou escrevendo artigos sobre Direito do Trabalho, depois passou a investir em crônicas do cotidiano, estas com publicação em jornais locais, e acabou firmando-se no universo dos contos. Participou de mais de 20 livros em conjunto com outros autores e recebeu diversos prêmios. Porém, o destino lhe reservou uma dura fase.
Em um mesmo período, a escritora perdeu o filho e, em seguida, a mãe. Seu marido ficou doente e também veio a falecer. As constantes perdas em sua vida a levaram ao fundo do poço emocionalmente. Para lidar com o sofrimento, desviou sua atenção para a escrita e escolheu a poesia como suporte para despejar suas aflições.
“Foi um processo de catarse, de sobrevivência, de colocar para fora tudo que estava dentro de mim, tudo o que eu estava sentido”, comenta Isabel. Os textos que nasceram dessa fase falam sobre essas perdas e dores, mas também de esperança. “Recebi três netos em seguida e isso me ajudou no processo de retomar a esperança, o desejo de viver”, conta.
Pelo trabalho em uma dessas coletâneas de autores, Isabel recebeu como prêmio a publicação de um livro próprio. Lançou Pedaços de mim (2011), com os poemas escritos para o seu filho. A partir disso, a poesia se transformou em sua principal forma de expressão artística.
Escritos na parede
Expressões e sentimentos reúne 12 textos de Isabel, todos produzidos em 2013. “É uma poesia para cada mês do ano”, explica a poeta que ainda não tinha apresentado o seu trabalho em forma de exposição. “Como é na Sociedade, tem muito a ser relacionado. No meu caso dá para ver um processo de luto e esperança. E quem ajuda? Geralmente os psicólogos. Por isso, a mostra ficou ainda mais pertinente”, analisa.
A exposição segue aberta ao público até o dia 31 de dezembro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h30min e das 13h30min às 18h. Os visitantes que compareceram ao local receberão como brinde cópia de um dos 25 títulos literários lançados pela autora. É só escolher.
Serviço
O quê: mostra de poesias Emoções e sentimentos - Retrospectiva poética, de Isabel Vargas
Onde: Espaço Arte Chico Madrid da Sociedade Científica Sigmund Freud, na rua Princesa Isabel, 280, conjunto 302
Visitação: de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h30min e 13h30min às 18h
Entrada franca

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home