sexta-feira, julho 18, 2014

POETAS E ESCRITORES DO AMOR E DA PAZ




Mar tão sonhado
Por quem não o conhece.
Desbravado pelos navegadores
Em busca de sonhos.
Mar dos poetas, dos apaixonados,
Das serestas, dos devaneios.
Mar que se funde com o céu
No longínquo horizonte
Onde repousa o olhar
De quem busca o infinito.
Mar que rima com luar
Nas noites tropicais
De quem descansa olhando as estrelas
Que guiam navegadores, marujos, poetas
Seres de alma errante em busca da felicidade.
Mar alegria dos jovens, crianças, adultos,
Mar que trás recordações de épocas felizes,
De folguedos de férias, de amores
Que se tornaram eternos navegando
Em ondas de nostalgia.
Mar, ora calmo, ora revolto,
Que a todos recebe com igualdade
Em um clamor de alegria
Tornando-se inesquecível
Para quem em suas águas se revigora.


Isabel C S Vargas
Pelotas-RS-Brasil


0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home