terça-feira, julho 01, 2014

MEU TEXTO EM ANTOLOGIA DE POETAS BRASILEIROS CONTEMPORÂNEOS 115
















Isabel Cristina Silva Vargas 

Pelotas / RS






Corra para mim


De braços abertos, sem passado

Sem mágoas, dúvidas ou arrependimentos.

Como uma criança inocente, crente nas fantasias

Sem julgar nada impossível

E, por isso, capaz de realizá-las.

Corra para mim

Para vivenciar um futuro pleno,

Inimaginável pelos simples mortais,

Porque ele se desenvolverá no plano dos deuses

Transbordante de amor

Que perdurará por toda a eternidade .



0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home