terça-feira, julho 01, 2014

MEU TEXTO EM LIVRO DE OURO DA POESIA BRASILEIRA CONTEMPORÂNEA EDIÇÃO AGOSTO DE 2014








Isabel Cristina Silva Vargas 

Pelotas / RS






Fragilidades







Frágil é a criança ao nascer,

O amor não correspondido,

O sonho não buscado,

A esperança não cultivada.

A fé não perseverada,

A dúvida na esclarecida,

O olhar não mantido

Na comunhão de olhares.

A oração não sentida,

O perdão não concedido,

A amizade não dividida,

O caminho não percorrido,

A vida não vivida

Por medo ou insegurança

Por falta de comprometimento

Com a própria felicidade.






0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home