sexta-feira, agosto 30, 2013

EVENTO ABERTO A TODOS. VENHAM POETAS COMEMORAR JUNTO À AVBAP, A SEMANA DA CRIANÇA.


.










1) - Hamilton Brito - Araçatuba - SP - Coordenador da Ciranda


2) - C ida Valadares


3) - Sá de Freitas 


4) Rita Lavoyer -


5) - Jandyra Adami - 


6) Lilian Bauer -


7) Antenor Rosalino


8) - Emília Goulart -


9) - Mary Trujillo


10) - Humberto Poeta


11) - Nidia Vargas Potsch


12) Gislaine Canales


13) - Isabel C. S. Vargas


14) - Antonio Cabral Filho


15) Marise Ribeiro


1


Criança

Hamilton Brito

A criança que existe em você
É um bem que só você tem,
Conserve-a por toda a vida
Nunca entregue a ninguém

Tenha nos lábios, um sorriso
Nos olhos toda a luz que puder
Mantenha aberto o coração
Sonhe os sonhos que quiser

Não veja , no mundo, a maldade
Pois nele , maldade não tem
É obra de um Deus bondoso
e Ele só quer o seu bem

Assim, criança querida
Neste dia que é só seu
Aproveita bem este dom
Pois foi Deus que concedeu




2


Criança
Cida Valadares


Criança, tu és a semente da vida
Que a vida, em nós plantou
Teu cheiro é o doce tempero
Do tempero do amor.


No colo em que te aconchegas
Ninando teu sono pueril
Pernoitam cantigas antigas
Fechando-te os olhos, de modo gentil.


Teu sorriso é cachoeira
Num dia de vendaval
Doce como mel da abelha
Até o minuto final.


Tu és de Deus, a canção
És joia rara, amor
Tu, criança, és paixão
Da cria e do Criador! 2




3


VOLTA A SER CRIANÇA
Sá de Freitas

Por que tornas tuas horas tão escuras,
Como se a noite viesse em pleno dia?
Por que, com assuntos tão banais, procuras,
Trazer ao coração tanta agonia?

Imita o sol que sempre se irradia,
E aquece a Terra, aquece as criaturas;
Coloca a tua mente em sintonia,
Com as POTÊNCIAS DO BEM, lá nas Alturas.

Por que só vês espinhos, não as rosas
E transformas em chagas dolorosas,
As coisas tão triviais, tão infantis?

Por que não cantas, ris, festejas, danças?
Experimenta viver como as crianças
E por certo serás bem mais feliz.


(Samuel Freitas de Oliveira)


Avaré-SP




4


Criança como eu 


Rita Lavoyer






Sou criança de tranças, nariz todo sardento
e boca suja de manga.
Sou criança faceira de pés descalços, joelhos ralados
e dente que acabou de cair.
Sou criança de nove horas e que pinta o sete
e um montão de todos os números.
Sou criança assim mesmo, do jeito que eu sei.
Se tiver outro jeito de ser criança, conte pra mim não.
Gosto mesmo é de ser criança do jeito que eu sou.


Rita Lavoyer – Araçatuba - Sp




5


Minha Menina
Jandyra Adami


Sinto saudades de ti minha menina
Do tempo em que brincavas alegre em tua casa,
Ou pela rua, junto aos teus amigos
Tua vida era tão bela e sempre sorrias
para ela, pois eras feliz, tinhas encanto,
formosura , cabelos lindos, compridos,
em duas tranças. Olhos grandes, verdes...
Até hoje me lembro de ti, do que fazias
Eras alegre, peralta, inteligente e meiga
Sabias encantar a todos com tua graça, tua voz
ou tua dança. Teu pai tocava piano e tu dançavas
Era a felicidade em família. Todos admiravam
tua esperteza, vivacidade e inteligência.
Os que te amavam já partiram e levaram
de ti todo amor que lhes foi dado.
Eu envelheci mas te trago dentro de mim,
Como uma chama ardente dentro do peito
Não te esquecerei jamais. Vives comigo
na terceira idade , mas nunca deixarei que
te esqueçam pois sempre falo de ti com meus amigos,
recordo com saudade aquele tempo
em que éramos uma só pessoa.
Tu e eu: nós... uma só pessoa...
Minha querida menina...


6


A beleza do ser humano completo ,sempre, em perspectiva de transformação.
CRIANÇA não é criança porque brinca Brinca porque é criança Potencial em desevolvimento,sempre .
Criança ser humano completo Completa como criança,ajustada à sua vida de CRIANÇA;


tanto quanto a semente é completa como semente ou a lagarta é completa como lagarta, 


nunca um vir a ser , no caso borboleta , É lagarta.


CRIANÇA é CRIANÇA E AGORA ?!?
como nós estamos sendo frente a esta


MAGIA CRIANÇA ?!? HOJE AGORA ???? 


Carinho ,


Lilian Bauer




7


Luminescência Infantil
Antenor Rosalino






Em seu mundo diversivo de ilusões,
As crianças enfeitam e encantam a vida
Com fantasias que enternecem
E falam ao coração!

Há um encantamento púrpuro
No largo sorriso infantil
Que retira em breves segundos
Prenúncios de maldades do mundo.





Uma voz branda, infinita,
Vem permear nossas vísceras,
Quando insurgem entre aromas
As lembranças infantis!

As crianças em suas luminescências,
Conseguem com simples gestos,
Trazer fragrâncias que envolvem,
Rebuscando nessas horas,




8


Emília Goulart


No mundo do faz de conta,
há uma criança perdida.
Que só aprendeu somar o que recebe da vida.
Vamos muito ajudar, se tudo que ela somar,
for paz, amor e carinho.
No mundo do faz de conta,
ela irá conjugar o verbo amar inteirinho.


27-8-2013




9


Esses anjos...


Marilena Trujillo





Ah, esses anjos que povoam nosso


Mundo, tornando tudo colorido....


Nos melando de balas, bombons e pirulitos


Provocando-nos tantos sorrisos...


Belos anjos encarnados, nos mostrando


A beleza, a simplicidade da vida.


Nos fazendo tão crianças também...


Anjos que transformam homens


E mulheres em seres de luz.


Quando a rara flor começa a germinar


Fachos radiantes se propagam


A vida se transforma em doce


Acalanto, maravilhosa ansiedade...


A futura mamãe fica mais bonita,


Parecendo tão criança ainda


O futuro papai irradia força, coragem,


Felicidade, um gigante cheio de vida...


O grande dia chega...


E um vagido que mais parece um hino,


Ressoa como um órgão de uma capela...


Lágrimas brilhantes, abençoadas


Lavam rostos, feridas e almas...


O Pai lá de cima suspira aliviado.


A Terra ainda pode ser salva,


Mais um anjo para ela enviei...


E todos os anjos em coro,


Respondem: - Amém!



Mary Trujillo





10


SE EU VOLTASSE A SER CRIANÇA
Humberto - Poeta

Se eu voltasse a ser criança,
não mais iria, por chalaças,
nesse tempo de folgança
jogar pedras nas vidraças.

E também não mais faria
aqueles rombos hediondos
que o estilingue produzia
num ninho de marimbondos!

Em Deus eu teria mais fé
e agiria com mais recato;
não mais prendia um busca-pé
no rabo de um pobre gato!

E não mais nas farras minhas,
numa correria sem vasas,
tocaria as campainhas
de cinco, seis, sete asas!

Pra vê-la voar pesadinha,
(vejam que ideias porretas)
amarrava um fio de linha
no bumbum das borboletas!

Ainda bem que hoje não temos
das crianças tanto horror;
pois na rua nem as vemos
graças ao computador!






11





Criança!
Nídia Vargas Potsch
( indriso )







Ser especial que vibra de alegria
Ao imaginar e criar mundos encantados 


E sem preconceitos fala de Paz. 



Faz da existência um etermo brinquedo
Quando sonha um amanhã melhor
Ao sabor de um novo sol a brilhar! 



Vida onde flui um Amar sonoro, melodico... 



Criança, bênção e sortilégio do amanhã! 



@Mensageir@ 


Rio, 2013 






12






Glosando Delcy Canalles




Gislaine Canales









A CRIANÇA EM MIM 





MOTE: 


A criança que eu trazia
dentro de mim escondida,
hoje, vive na poesia,
chorando restos de vida. 




A criança que eu trazia guardada em minha lembrança,
esqueceu-se que a alegria
mora junto da esperança! 


Enrolada em solidão,dentro de mim escondida,sem conhecer afeição,
ficava inda mais perdida! 


Veio o sonho...uma utopia,
e com ele, muitos versos!Hoje, vive na poesia,cantando seus universos! 


É o canto mais lindo e triste,
dessa criança crescida,
que, em sua canção, resiste,chorando restos de vida! 






13


Criança!



Isabel C S Vargas



Olhar límpido
Sorriso fácil
Alegria natural
Inocência latente
Amor verdadeiro
Pureza de sentimentos
Encantos mil
Felicidade maior
Para todos que convivem com ela.



MUNDINHO
Antonio Cabral Filho



Nesse mar
de remar



sem destino
quero ser menino



pra rumar ao léu
meu barco de papel.





















Voo da Inocência


Marise Ribeiro


Sou barco ao sabor das ondas do mar
Velas coloridas pelo vento sopradas
Sou marinheiro nesse mundo a navegar
Ou pirata de riquezas roubadas.


Sou carro de polícia, de bombeiro
Furando o trânsito, sirene alta...
Sou caçador de tiro certeiro
E medo do escuro não me falta.


Sou jogador driblando e fazendo gol
Comemorando feliz a vitória...
Super-herói invencível também sou
Até soldado marchando para a glória.


Astronauta serei quando crescer
Pra chegar feito aquela pipa ao céu
Ou um príncipe que virá oferecer
Ao dedo da princesa seu anel.


Sou pássaro conquistando o azul sem fim
De que a vida não ceifou a esperança
Sou ainda uma inocente criança
Voando na imaginação... dentro de mim.






Jpg criança


Wav: CaixinhaDeMusica-I_Do_It_for_You


0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home