quarta-feira, março 21, 2012




Isabel Cristina Silva Vargas
- Nome: - Isabel Cristina Silva Vargas
Isabel C S Vargas

- Profissão: - 
Professora, advogada, funcionária pública aposentada,jornalista, Formada no Magistério, em Direito pela UFPEL,em Licenciatura em Direito e Legislação e Legislação aplicada, Pós-graduação em Sociologia, Capacitação em Direitos Humanos, Especialista em Linguagem Verbal, Visual e suas Tecnologias, Aperfeiçoamento em Produção de Material didático digital para a Diversidade. Formada em Inglês e italiano. Curso de extensão em Francês. Fez oficina de narrativa , oficina literária, oficina de escrita criativa.

- Quer falar um pouco da terra onde mora?: - 
Moro em Pelotas, zona sul do estado do Rio grande do Sul situada às margens da Lagoa dos Patos. É desde o tempo da sua formação um pólo cultural pela riqueza que na época de sua constituição era oriunda das charqueadas, atividade primordial desenvolvida na região.
É uma cidade com uma rica história envolvendo cultura, atividade campeira, industrial, e de benemerência .Pelo seu desenvolvimento possuiu até um banco próprio, o Banco Pelotense.
Hoje é um pólo educacional, possuindo instituições de ensino extremamente conceituadas no país, como a Universidade Federal de Pelotas, o Instituto Federal Sul-Rio-Grandense, a Universidade Católica de Pelotas agregando estudantes do extremo sul bem como de todo os país. Possui dos mais antigos teatros do Brasil, um significativo centro histórico, vários museus, uma das praias mais famosas de Lagoa, a praia do Laranjal.

- Quando começou a escrever?: - 
Escrevo desde a adolescência.
Acredito que escrever está muito relacionado com a leitura. Sempre li muito, desde a época escolar. Quando comecei a escrever e me atrevi a publicar, o fiz relacionado com minha profissão. Escrevi artigos sobre Legislação Trabalhista que foram publicados no Jornal Diário da Manhã de Pelotas, na década de 90. Posteriormente, em 2004, passei a escrever crônicas que também foram publicadas no Diário da Manhã. Algumas em outro jornal local e também publiquei alguns textos na Zero Hora na internet. Desde então tenho escrito sempre.
Atualmente escrevo crônicas, contos e poesias. Mas, o que mais escrevi até hoje são crônicas.
Creio que a preferência pela crônica se deve ao fato de ter sido ávida leitora de Paulo Mendes Campos, Fernando Sabino, Drummond, e Bandeira, mestres inigualáveis.
Também é uma forma de olharmos para nosso interior, nos confrontarmos e posicionarmos em uma realidade tão fugidia e efêmera. Eternizamos o cotidiano de nossa “aldeia”. Como resultado, identificação e atemporalidade.
Em livros, comecei a publicar bem mais tarde. Foi em final de 2008 que recebi dois convites.Um para Agenda Literária 2009 (Celeiro de Escritores) e outro para Reflexões para Bem Viver da Editora Scortecci.. Creio que os convites surgiram pelo volume de reprodução de meus textos publicados na internet. A partir daí não parei mais de publicar. Tenho textos publicados pela Câmara Brasileira de Jovens Escritores, Editora Komedi, no Projeto Delicatta, na Antologia Cidade, hoje, Editora Literacidade, pela Editora Alternativa, pelo Portal do Poeta Brasileiro e muitos outros.. Posso dizer que incluindo as edições em andamento, o volume de publicações em antologias e coletâneas chega em torno de 150 publicações.

- Teve a influência de alguém para começar a escrever?: -
 A influência deve-se, como falei antes, à leitura. Lia muito as obras inteiras de Jorge Amado, Érico Veríssimo, Mário Quintana, Ernest Hemminguay, Jean Paul Sartre, Simone de Beauvoir, Clarice Lispector, Raquel de Queirós, muitos outros autores nacionais e estrangeiros.

- Lembra-se do seu 1º trabalho literário?: - 


- Projectos Literários para 2012 / 2013?: - 
Ainda no primeiro trimestre deve estar sendo lançado um livro pelo Beco dos Poetas e Livraria Periférica chamado Pedaços de mim. É um livro contendo poemas e prosa escritos de maio de 2010 em diante e dedicados ao meu filho amado, tragicamente falecido em um acidente automobilístico.
Escrever foi um meio de elaborar a dor da perda, não me isolar do mundo e manter a sanidade. Foi meu processo pessoal de catarse.

- Fale-nos um pouco de si, como pessoa humana? : - 
Sou mulher, esposa, mãe, avó, profissional. Sempre procurei me dedicar inteiramente a tudo que fazia, porém para não me descuidar da família, apesar de cumprir meus deveres profissionais com dedicação pois amava o que fazia, nunca aceitei cargos de chefia, pois isso implicaria em uma dedicação maior, em detrimento dos momentos de lazer com minha família.Casada há 35 anos com Francisco, mãe de Ângela, Francine, Márcia e Roberto( menino- homem-anjo) que hoje habita junto a Deus.
Tenho uma neta Marina e em Agosto receberemos com muito amor a Amanda.

- Como Escritor (a)? : -
 Não saberia viver sem escrever. Escrevia em solteira. Só não mostrava meus escritos por timidez. Hoje é um ato de sobrevivência.
Hoje faço parte de várias entidades literárias como:

Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores- Balneário Camboríu-SC
Clube Brasileiro da Língua Portuguesa-BH-MG -Brasil
Associação Internacional Poetas del Mundo
Clube do Escritor
Canto do Escritor
Varal do Brasil
Varal do Luna
Confrades da Poesia
Grupo dos Poetas e Escritores pela Paz
Projeto Stéphanos
Grupo Á.g.u.i.a
Entre outros dos quais muito me orgulho.

- Tem prémios literários? : - 
Tirei primeiro lugar em Contos (Sorte Selada),2º lugar em crônicas (Entre beija-flores e bentevis) e 3º lugar em Poesia no II Concurso Internacional Florada das Emoções do SIte Celeiro de Escritores.org.
Menção Honrosa em Concurso Realizado pela Secretaria de Cultura de Pelotas, Menção Honrosa em Concurso Literário Realizado pelo Centro Literário Pelotense, Menção Honrosa em Concurso realizado pela Editora Literacidade em Poesia e Conto, 1º lugar em crônica em concurso( XVI) realizado pelas ALPAS XXI, destaque em crônica e conto (2011) , Destaque em conto e poesia no XV concurso realizado pela ALPAS XXI,selecionada em cerca de 70 seletivas da CBJE, Selecionada para diversas publicações da literarte , para produção bilíngue em português e espanhol, português e francês, além de outros.

- Tem Home Page própria (não são consideradas outras que simplesmente tenham trabalhos seus)?

Tenho sim, desde 2006.
www.isabelcsvargas.com ou www.isabelcsvargas.blogspot.com
Mais recentemente fiz outro blog por possuir mais ferramentas. www.icsvargas.blogspot.com

- Conhece bem o conteúdo (enorme) do Portal CEN - "Cá Estamos Nós"? : -
 Não conhecia anteriormente. Passei a conhecer após a correspondência da Associação Internacional Poetas del Mundo da qual faço parte informando sobre a Revista Virtual, momento em que tomei conhecimento do mesmo.

- Que conselho daria a uma pessoa que começasse agora a escrever ? : - 
Meu primeiro conselho é a leitura. Leitura sempre. . Independente de gênero. Leitura é fundamental par o crescimento interior.
É importante olhar para dentro para depois olhar ao redor.

- Para terminar este trabalho, queira fazer o favor de mandar um pequeno (e original) trabalho seu (em prosa ou em verso) :

 
É madrugada.
Permaneço acordada, no silêncio da noite.
Só escuto as batidas do coração.
Não perguntes por quem ele bate.
Tal qual os sinos, ele bate por ti.
Fecho os olhos,
trago-te para junto de mim.
Tento rever em todo instante,
Tua face querida.
Relembrar e sentir
O toque de tu mão na minha.

Neste momento, a dor desaparece
Tudo se torna real.
Por instantes ,
sou, novamente, feliz.

Isabel C S Vargas

 

Marcadores:

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home