quarta-feira, fevereiro 08, 2012

VERSOS NO ANOITECER


Com sofreguidão, vai o sol

Lentamente se recolhendo,

Em suaves e gentis movimentos

Para não macular a beleza alva da lua.

Espalha, suavemente, seu brilho sobre a paisagem

Onde as nuances coloridas da água

Destacam a mansidão do momento,

De plena comunhão da natureza,

Com a harmoniosa convivência dos diferentes,

Que do alto de sua magnitude

Nos emprestam lições de humildade

De respeito, tolerância e amor

Indicando que o equilíbrio é o caminho certo

Para obtenção da paz e felicidade na vida.


Data:2012.02.07
Publicado no Diário da Manhã-Pelotas-RS
Data:2012.02.08-Quarta-Feira-página 15

Marcadores:

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home