domingo, abril 17, 2011

Um primor o texto que recebi de Loiva Hartmann sempre solidária com nosso sofrimento.





 Maternidade 

Peguei o brilho do luar
E pinguei no teu olhar

Busquei do veludo a maciez
Para tua tez

Da natureza colhi os sons
Para teus ruídos

Selecionei no mavioso cantar dos pássaros
A música dos teus risos

Aspirei o perfume da flor
E, de todas elas, um pingo de cor ...

De mim, dei o coração.

Foi assim, bem desse jeito assim
Que eu te gerei, meu amor

            1974

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home