sábado, abril 16, 2011



Convivência



Dona Pomba toda prosa

Muito garbosa

Estufa o peito e se enfeita

Para em meu telhado passear

Todo dia me visita

Como alguém familiar

Sem cerimônia vai chegando

E sua comida vai pegando

Sem qualquer sinal de fastio

Sabe a hora e o lugar

Para no tempo certo chegar

Depois satisfeita

Uma caminhada vai dar

Esperta como ela só

Observa os movimento da casa

Aos nossos cães gosta de esnobar

Indo em sua ração petiscar

Muito atenta e comportada

Gosta de nosso lazer compartilhar

E ao mínimo descuido

Vai também se refrescar.


Publicado no Diário da Manhã-Pelotas-RS
Data:2011.04.16
Página 15-Sábado


Publicado no site:http://www.recantodasletras.com.br/poesias/3535719
DATA:2012.03.04




A.87-ICSV


Tempestades
Arrancam
Sonhos
Pessoas
Objetos
Amores


A.85-ICSV

Ventos
Suaves
Sopram
Acalmando
Tempestades
Coração


A.57-ICSV

Bentevi
Canta
Saudando
Dia
Vida
Amor


A.62-ICSV

Agradeço
Vida
Saúde
Família
Graça
Divina

Publicado em:
Data:2011.04.16

Marcadores:

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home