sábado, novembro 15, 2008

DESAFIOS E ESCOLHAS



A vida de qualquer ser humano é repleta de desafios, maiores ou menores, mas eles existem. Manter-se obeso ou fazer um esforço e emagrecer, ficar solteiro ou casar, trabalhar ou deixar-se levar sem compromissos ao sabor do vento, como as velas de um barco meio à deriva, ora à margem segura do rio, ora em águas tempestuosas e assustadoras; amadurecer ou ficar numa eterna adolescência, limbo no qual ninguém é o que já foi, nem é o que virá a ser, permanecendo num eterno vir a ser que não se constitui.
Pois ao saber pela minha amiga Clara, ao receber o convite que cobrei da Gilda,e ao ver no Diário da Manhã o lançamento do livro Conto Gotas de meus caríssimos companheiros -por um ano letivo- da Oficina Literária da eterna professora e grande escritora Hilda, foi assim que me senti. No Limbo.
Desejava muito fazer a oficina (e desejo, ainda), por isto foi com imensa alegria que recebi em 2007 a ligação telefônica da Hilda. Durante um ano convivi com pessoas queridas como a Gilda, o Pedro e a Gwenda, com a Clésis e o Professor Corrêa, o sempre imprevisível e irreverente Ricardo (que não se define com os adjetivos, sufixos ou superlativos que tentarmos lhe atribuir) e Severino Cícero, a Vera Brasil e a Lúcia (é isto mesmo, pois a Vera é tão fantástica, com suas mil facetas que só um sobrenome que designa um gigante na diversidade de aspectos para defini-la) e tantas outras pessoas e personagens.
Como o ser humano é inquieto e inquietante, não me contentei em ficar na companhia deles aprendendo. Senti-me desafiada a fazer uma especialização na área de linguagens. E, lá fui eu, deixando meus colegas e enfrentando outras contendas, descobrindo muitos autores, até então, desconhecidos para mim. Confesso que de início foi um grande susto.
Está sendo, igualmente, gratificante encontrar novos rostos, jovens companheiros, com um imenso caminho à frente para trilharem, inteligentes, exemplos de luta, tenacidade e generosidade no acolhimento.
Neste momento estou num turbilhão de trabalhos, que me fizeram ir deixando de lado, aliados a outros compromissos familiares, além da Oficina, o pessoal do Voltando à Sala de Aula, os compromissos da ABMCJ e a mim mesma, de quem me descuidei bastante.
Achei que novos interesses me fariam bem e me ajudariam a esquecer as dores pela perda de minha mãe. Pura bobagem. Há acontecimentos que nos marcam definitivamente.
A convivência com todos e o aprendizado tem sido desafiador, mas não me fizeram esquecer nada nem ninguém , nem desejar abandonar em definitivo o experimento de prazer, alegria e renovação no qual se constitui a Oficina, ao contrário, e já mencionei isto para algumas pessoas é este escrever descompromissado com o já dito, com outros sujeitos e outras vozes que me agrada e encanta.
Aos meus ex- companheiros da Oficina Literária , o meu carinho, o meu desejo sincero de sucesso sempre renovado nas novas aventuras que produzirem para encantar aos leitores entre os quais me situo, obviamente.
Quanto a mim, quando a oficina recomeçar, lá estarei, pois felizmente a vida continua.
Publicado no Diário da Manhã-Pelotas-RS
Data:2008.11.15/16
Publicado no site:http://icsvargas.bloguepessoal.com/
Data:2008.11.15
Publicado no site:www.olhasoaqui.com
Data:2008.11.15

1 Comments:

At 9:02 AM, Blogger Cristina said...

Ola? Eu é que agradeço, gosto muito do seus textos, usei aquele num trabalho da Facul(estou no 2ªPedagogia)conheço muitos "Prof. e futuros Pedagogos"que ainda acreditam que ser Prof. é fácil além do mais tem 2 férias por ano, pura ilusão. Muitos fingem dar aula pois acham q os alunos fingem estudar e esta se tornando um ciclo vicioso.Ensinar é um DOM, somos exemplos, tenho 3 filhos, e eles amam suas professoras e percebo como elas fazem parte da vida deles, como eu.
Um Beijo no coração.

P.S.Trabalho na área financeira...uns 20 anos...se serei professora, não acredito, mas gostaria de ajudar a mudar o perfil atual do professor brasileiro.Resta saber se ele deseja se comprometer.
Seria bom se todos considerassem o ato de ensinar um hábito e o praticasse todos os dias,com seu colega, amigo, vizinho....vc me ensinou através do seu texto, quem sabe ensinei alguem tb.

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home