terça-feira, julho 27, 2010

                          Roberto, filho querido   

            








Estarás sempre em minhas lembranças, em meu coração, junto de mim. És parte de mim e do período mais radioso de minha vida. Junto de ti, surgem em minha mente só coisas boas, palavras de amor, de união e alegria.


Tu eras uma pessoa abençoada que proporcionava  o melhor de ti para as pessoas.


Amaste a todos com sinceridade, despojamento de qualquer sentimento mesquinho. Problemas? Eram para ti, apenas, obstáculos a transpor em favor de teu crescimento interior. Tudo se resolvia.


Teus sonhos te impulsionaram. Eras obstinado, disciplinado para alcançar teus objetivos Tuas conquistas partilhaste com amor com todos nós. Sabias que tudo que te dizia respeito nos fazia feliz.

 As conquistas de teus amigos te davam satisfação.Vibravas com eles e eles contigo.


Sem querer ser mais ou melhor do que ninguém, só querias obter tuas vitórias , realizar teus sonhos através de teu trabalho.Algo muito lindo era tua confiança em teu poder de realização.” Eu vou conseguir” , era algo que sempre tinhas em mente.


Exemplo de teu modo de ser e do valor que davas à amizade foi tua formatura. Poderias ter comemorado sozinho, mas não achaste graça nisso. A graça, o sabor, o interessante era a divisão. Divisão que soma, que acrescenta por ser partilha ensinada por Jesus. Como não estar comemorando com teu amigo e colega desde a Pré-escola - o Fabinho - com o Dudu, teu amigão, que te levou para participar do Emaús e hoje, um irmão que deixaste, assim considerado por tuas irmãs; com o Piero que te acolhia na casa dele em Arroio Grande ? Quantos ajustes, emails, reuniões para no final ver a felicidade estampada no rosto de todos.


Quanta alegria e gratidão em teus olhos ao dizer, como sempre e por qualquer coisa: -“Obrigado mãe, obrigado Pai.” Quantos “te amo” pronunciados com facilidade e sem escassez. Estas eram, também, tuas características inconfundíveis: Amor e gratidão.


Agradecias por tudo, pelas pequenas coisas. Eras transparente, sem disfarces. Mostraste isso ao longo de tua vida. Buscaste a companhia de pessoas a quem pudesses mostrar sempre esse teu jeito angelical, sem ser tolo, doce sem deixar de ser firme, disciplinado sem ser rígido. Tinhas a certeza do que querias e do que não te servia, e quando em dúvida de algo, sempre vinhas pedir conselho, de teu pai, meu e das tuas irmãs que sempre te adoraram. Como não adorar um anjo, brincalhão, parceiro, sorridente e que fazia doce de chocolate para satisfazer a eterna criança mas, ao mesmo tempo, amoroso, gentil adorava um jantar romântico, um lanche, um almoço na companhia da namorada.


Mostraste tua alma e tua capacidade de realização.


Percorreste uma trajetória de luz cujos rastros permanecem iluminando nossas vidas, pelo orgulho imenso que temos de ti e que se expande em cada telefonema de solidariedade , carinho e ajuda, em cada visita, abraço e mensagem por telefone, email, Orkut, MSN que recebemos ainda hoje, nas pessoas que oram, fazer preces que nos cercam de atenção, porque sentem que eras muito especial. Um anjo que tivemos por empréstimo, para entender um pouco do céu, dos seres celestiais, do amor de Deus ao criar criaturas assim, embora nem sempre saibamos interpretar esses sinais de amor imenso, acostumados que estávamos com a convivência diária, com a correria geral que pode dificultar a permanência de mais tempo juntos.


Vais ser por toda a eternidade o nosso anjo muito amado.


Só posso dizer mais uma vez- e o direi por toda vida-Obrigado pelo filho que tive, obrigado pelo filho que foste para nós, obrigado pela alma iluminada que agora , certamente és.


Espero merecer a graça de te encontrar e poder compreender tudo isso que estamos passando, como fruto do amor Divino .





0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home