domingo, fevereiro 24, 2013

POEMA


Pai Peço-te, Sustenta-me! 

Isabel C S Vargas 



Pai, no outono de minha vida, 

Reitero meu amor por ti 

E, por Maria tua bendita Mãe. 

Somente teu amor por nós 

Permitiu-me passar por toda a dor 

Com a perda de meu amado filho, 

Em meu desespero lembrei-me 

Daquele pelo qual passou Maria. 

Então, pedi-lhe com todo ardor 

Para cuidar meu doce menino 

Tão lindo e tão amado. 

De ti, meu pai, recebi a força 

Que até hoje me sustenta e, 

Impede de sucumbir. 

Pai sustenta-me até o fim da jornada 

Cuida sempre de minha família 

Mantém-nos na trilha de tua luz 

No aconchego de tua paz infinita. 

AMÉM!


Publicado na Ciranda de Candy Saad

Mais Belos Poemas de Amor-CBJE

Portal Cen -Portugal

Diário da Manhã-Pelotas-RS
Data:2013.02.23-Sábado-página 15

Facebook- Isabel Vargas-24.02.2013

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home