sexta-feira, novembro 30, 2012

http://www.portalbvec.net/Isabel_Vargas/










 





ISABEL VARGAS










Isabel Cristina Silva Vargas, filha de Paulo Coimbra Soares da Silva e Carmen Esteves Soares da Silva. Casada com Francisco Roberto Silva Vargas. Mãe de Ângela, Francine, Márcia e Roberto (menino-homem- anjo) que hoje habita junto ao Senhor. Avó de Marina, Otávio, e dos gêmeos Francisco e Augusto. Nascida e domiciliada em Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil.


Formada no Magistério (1970), Bacharel em Direito (1974) Inscrita na Ordem dos Advogados do Brasil (1976). Licenciatura em Direito e Legislação e Legislação Aplicada (1977), Pós-Graduação em Sociologia (1982). Capacitação em Direitos Humanos (2006) Especialização em Linguagem Verbal Visual e suas tecnologias (2009, Aperfeiçoamento em Produção de Material Didático Digital para a Diversidade (2011). Formada em Inglês (1970) e Italiano (2000).


Trabalhou como professora e após assumir no serviço público federal mediante concurso trabalhou nesta atividade até a aposentadoria.


Participação em eventos relativos à atividade profissional, professora, advogada, servidora pública federal.

Começou publicando artigos sobre Direito do Trabalho que foram publicados no Diário da Manhã - Pelotas-RS,

Desde 2005 escreve para o jornal Diário da Manhã onde publicou artigos, crônicas, contos, poesia.


Foi integrante do Conselho de Leitores do site Clicrbs Pelotas, depois Pelotas Mais que foi dissolvido em 2011.


Publicações no Diário Popular, Pelotas, RS, no Jornal A Página em Portugal.

Sites: www.isabelcsvargas.com
www.icsvargas.blogspot.com
www.icsvargas3.blogspot.com


Entidades que estou vinculada, grupos para os quais escrevo, sites

CERCLE UNIVERSEL des AMBASSADEURS de la PAIX
Associação Internacional Poetas Del Mundo-Cônsul Zona Leste-Pelotas-RS
Unión Hispanomundial de Escritores-UHE
Portal CEN - “Cá Estamos nós”
Confrades da Poesia
Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores-Balneário Camboríu-SC
Clube Brasileiro da Língua Portuguesa-BH-MG-Brasil
Portal do Poeta Brasileiro
Clube do Escritor
Canto do Escritor
Varal do Brasil
Varal do Luna

Grupo dos Poetas e Escritores pela Paz
Projeto Stéphanos
Grupo Á.g.u.i.a
Recanto das Letras
Webartigos
Netsaber
O artigonal
Brasil Escola
Gosto de Ler
Paralerepensar
A melhor Idade










Aprendizado
Isabel C. S. Vargas


 Aprendi com a dor
Que só tem real valor
Os momentos vividos
As palavras trocadas
Os sorrisos de alegria
As lágrimas de felicidade
Os beijos sinceros
Os afagos fraternos
Os abraços amorosos
Os olhares que enxergam a alma
Os gestos espontâneos
De cuidado, amor e generosidade.




Doce Infância

Isabel C. S. Vargas
 


De sonhos tão imaginados e,
Encantadas ilusões de menina,
Infância de pura inocência,
De delicadas bonecas de porcelana,
Do jogo de amarelinha, do pião e bilboquê,
Das brincadeiras na garagem
Ao som de inesquecíveis músicas
De anos que se tornaram dourados
Infância de muitos aromas
- De chuva na terra seca -
E, de muitos sabores
- Dos doces de minha avó -
Do figo, das balas, de guaco e de hortelã,
Infância de mulheres guerreiras
Minha mãe, minha dinda e minha tia
Que me prepararam para o futuro
Das grandes alegrias e imensas tristezas
Que mesmo sem perceber
Ensinaram-me sobre os grandes revezes da vida
Dos quais resultei viva, apesar das mutilações .
Infância que não retorna
Mas, que recordei na infância de meus filhos
Tão diferente da minha
Porém, para eles igualmente doce
Infância, doce período de vida
Que me ensina um novo viver
Na infância de meus netos.




ESBOÇO

Isabel C. S. Vargas


Sou um ser em constante mutação
Sou árvore frondosa
Que dá guarida e acolhe
Mas, também sou rio que core
Sem retornar ao ponto de partida.
Já fui festa, barulho, alegria
Hoje sou feita de meu silêncio
Já plantei flores,
Hoje planto minhas dores
Para se transformarem em brotos de esperança
Sinto-me mais sábia
Sendo eterno aprendiz
Sou mais tolerante
Dentro de minha constante inconformidade
Olho mais para a linha do horizonte
Pois é ela que me conduz ao infinito
No passado que permanece dentro de mim
Encontro forças e esperança
Para seguir em frente
E encontrar no futuro
Os amores que a vida me tirou.


 






VEJA MAIS EM


http://www.portalbvec.net/Isabel_Vargas/



0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home