sexta-feira, agosto 27, 2010

CATARSE

ESCREVO PARA ALIVIAR A DOR.

TENHO CONSCIÊNCIA DO PROCESSO DE CATARSE QUE OCORRE.
É DIFERENTE DE QUANDO ESCREVIA SOBRE O COTIDIANO.

MINHAS CRÔNICAS RETRATAVAM MINHAS VIVÊNCIAS, ASSIM COMO AS VIVÊNCIAS DE OUTROS QUE DE ALGUMA FORMA ME DESPERTAVAM ALGUM SENTIMENTO.
ESTAVA ABERTA PARA O MUNDO, A VIDA,  O APRENDIZADO,  AS  PESSOAS,  A DESCOBERTA DE MUITAS COISAS DENTRO DE MIM E NO ENTORNO.
HOJE, VOLUNTARIAMENTE, ME RECOLHI. OU A DOR ME RECOLHEU. OU A VIDA SE FEZ DE ROGADA , SE ESCONDEU, PERDEU O ENCANTO  E EU SEGUI SEUS PASSOS.

ESCONDO-ME DA VIDA, DA DOR DE MIM MESMA ,DO FUTURO QUE É UM VIAJANTE DESCONHECIDO  NO TEMPO.
O MAIS DOLOROSO É DESCOBRIR QUE PERDEMOS AS PESSOAS QUE AMAMOS E SEGUIMOS RESPIRANDO, SOBREVIVENDO.

É UM PROCESSO EXPIATÓRIO.

AS DORES , QUANDO FÍSICAS , MESMO NAS AMPUTAÇÕES, SARAM ,EMBORA A APARÊNCIA DIFERENTE E OS SINAIS QUANDO EM TEMPO DE INTEMPÉRIE.
 A DOR DA ALMA CORRÓI, EMBORA OLHANDO POR FORA, TODOS OS MEMBROS PESSOAIS ESTEJAM NO LUGAR.
NA VERDADE, FOI A ALMA QUE SE FOI.
O QUE DÓI É O VAZIO, A FALTA DE SENTIDO, O DESPROPÓSITO DA SITUAÇÃO.
ANTES, ESCREVIA PENSANDO TOCAR O CORAÇÃO DAS PESSOAS.
HOJE, ESCREVO PARA ENCONTRAR OS PEDAÇOS DO MEU.

Publicado no livro Criadores & Criaturas .CBJE/BrLetras
http://www.camarabrasileira.com/criadoresecriaturas.htm
Publicado na Antologia on Line
http://www.camarabrasileira.com/cc10-009.htm


0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home