sexta-feira, agosto 15, 2014

PUBLICAÇÃO DIÁRIO DA MANHÃ 41/2014

   Partilha Universal
                                                         

Terra: nossa casa, nosso quintal, nosso santuário
Planeta habitado por seres,
Muitos deles alheios aos ditames a serem seguidos
Para sobrevivência de todos.
Como casa, necessita ser cuidado,
Como quintal, cultivado,
Como santuário respeitado.
Urge conscientizar as crianças.
Inocentes, folhas em branco
A espera de ensinamentos a preenchê-las.
Espalhar conhecimentos úteis,
Compartilhar boas energias,
Semear amor, cuidado respeito,
Fomentar a preservação.
Para cada coisa colhida, plante outra.
Não desmate, não polua os rios.
Não aprisione animais,
Não jogue resíduos industriais nos córregos,
Não polua o ar,
Não aterre os cursos de riachos, arroios,
Eles tendem a voltar e reivindicar seu espaço.
Colha o que a mãe terra oferecer,
Com a suavidade de quem bebe o leite materno,
Não colha além do necessário,
Distribua o excedente,
Preserve para as próximas gerações,
Suas atitudes garantirão a sobrevivência
Impedindo catástrofes, queimadas,
Desmatamentos, destruição das geleiras
Das camadas do ar.
Aja com sabedoria, generosidade e dê o melhor de si.
Copie o exemplo do solo,
Que ao ser trabalhado, remexido,
Muitas vezes aviltado
Retribui dando flores
Ou saciando a fome dos homens e animais.



                                              
  Publicado no Diário da Manhã-Pelotas-RS
  Data: 2014.08.12-Terça-feira-página 19

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home