domingo, dezembro 23, 2012

Os Confrades da Poesia


Meu Jesus Menino 



Desde que por gente me reconheço, 
Teu nascimento é para mim, 
Motivo da maior celebração. 
Emociona-me tua trajetória, tua glória e tua cruz. 
Perante a ti 
Sempre me ajoelhei agradecida 
Pela vida, a amada família, e as bênçãos recebidas. 
Até que chegou o dia 
De a minha cruz carregar 
-sem querer a ti me comparar- 
Então, não fui te louvar. 
Tal a dor a me sufocar 
Por meu doce menino 
Ter ido em teu reino habitar. 
Com o tempo seu curso seguindo 
E meu coração, a dor aceitar. 
Volto, diante de ti, a me curvar 
Pelas bênçãos que não esqueceste  
De me ofertar. 
Nesta data a ti consagrada 
Agradeço-te adorado menino 
Pelos anjos que me mandaste 
Para minha vida alegrar 
Meus netos Otávio, Augusto e Francisco. 

Isabel C S Vargas - RGS/BR







0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home