sábado, julho 09, 2011

TEXTO PARTICIPANTE DO 4º CONCURSO LITERÁRIO PRAIA DO LARANJAL


As notícias veiculadas na mídia contribuem para o turismo no Laranjal?



A praia do Laranjal não é só um local de veraneio próximo ao centro da cidade, portanto a sua freqüência não é sazonal. O número de moradores no decorrer do ano assemelha-se à de muitos pequenos municípios. É um bairro com características próprias e um diferencial maravilhoso: a lagoa.

Possui comércio variado, de qualidade,não sendo necessário ir ao centro para adquirir coisas básicas.

A cidade se aproxima cada vez mais da praia. Os loteamentos ao longo da estrada Adolfo Fetter vem trazendo a população para mais próximo das areias da praia.

Por que as pessoas procuram o Laranjal? Respondo: Porque aqui ao longo do ano há sossego. É possível fugir da loucura que se transformou o centro de Pelotas. Há tranquilidade o que auxilia no encontro da paz de espírito algo tão escasso por aí.

É local aprazível para caminhar, andar de bicicleta, pescar, relaxar, desacelerar e isso é imprescindível para obtenção de qualidade de vida e para conquista de longevidade.

Há promoção de cunho esportivo, cultural, social. Há abundância de espaço, natureza , compartilhados por pessoas de todas as idades.

É possível encontrar restaurantes de boa qualidade, o que faz aumentar o fluxo de pessoas , principalmente nos finais de semana.

Apesar da construção de novas pousadas o local carece de atenção por parte do segmento de hotelaria, sendo viável a construção de hotéis para favorecer o turismo.

O papel da mídia no que se refere ao Laranjal não difere de outros locais, ou seja, mostrar os fatos, os acontecimentos para esclarecimento da população. É através dela , de sua presença fiscalizadora e atenta que melhorias podem ser obtidas.

A divulgação das belezas naturais, promove, dos pontos positivos incrementa, das benfeitorias valoriza, dos acontecimentos , esclarece, dos estabelecimentos do local , traz lucros, das precariedades induz à conscientização para corrigir os erros e se qualificar.

É através da mídia – da imprensa escrita, falada,televisiva- dos especialistas na área de marketing que o local tem visibilidade.

É mostrando o que deve ser melhorado que ocorre o apelo às autoridades para que exerçam seu papel com responsabilidade e competência.

É através de notícias que é possível inteirar-se do que ocorre o que possibilita engajar-se em campanhas e exercer a cidadania de modo responsável, engajado melhorando as condições do local.

Cães vadios? Lixo na praia? Poluição sonora? Falta de banheiros públicos? Lixões em locais impróprios , falta de água, ruas esburacadas? Loteamentos em zona imprópria? Assaltos? Furtos? Não são problemas só do Laranjal. Se a mídia não divulgar , mostrar, reivindicar, conscientizar, alertar, denunciar, certamente seria pior. A acomodação por falta de cobrança , inclusive da população residente tornaria a realidade pior. Por isso as pessoas, ONGS se mobilizam para suprir necessidades não supridas pelo poder público ou resultantes da irresponsabilidade de determinadas pessoas que ainda tem a retrógrada, errônea e descarada posição de que aquilo que é público não é de alguém quando, na realidade, o que é público é de todos nós e a nós cabe a responsabilidade de zelar, participar, colaborar .

A mídia cobra de todos e isso , talvez seja o que possa causar desconforto .

A preocupação com a melhoria das condições do Laranjal é alvo de matérias por parte de jornalistas, como pauta bem como em virtude de solicitação dos próprios moradores que se manifestam sobre a situação .


Reproduzo aqui texto próprio publicado no site www.clicrbs.com.br/pelotas em 16.01.2010 tratando da conscientização da população sobre a importância de auxiliar na manutenção da limpeza da praia.



O CONTRAPONTO ENTRE A MOBILIZAÇÃO E A FALTA DE CONSCIÊNCIA DA POPULAÇÃO DO LARANJAL



Laranjal é um dos locais mais belos desta região. O local que era, apenas, estância de veraneio passou há muito tempo a ser local de moradia fixa, transformando-se em um bairro de Pelotas, pela facilidade de acesso, pela tranqüilidade, por proporcionar a quem reside uma melhor qualidade de vida. Contato com a natureza, espaço, lazer são algumas das vantagens.

É verdade que mais poderia ser feito pelo poder público, mas ao invés de reclamar, vamos louvar o que já foi feito. A duplicação do calçamento da avenida Dr. Antônio Augusto Assumpção foi uma conquista muito batalhada pelos moradores e comerciantes da praia. A estes todo o reconhecimento pelo excelente trabalho desenvolvido bem como à Associação dos Moradores que durante todo o ano se empenham por fazer o melhor pelo Laranjal, conscientizando os moradores e os freqüentadores esporádicos da importância da limpeza e manutenção das condições não só na época de veraneio. Os comerciantes oferecem produtos de excelente qualidade. Hoje, temos de tudo no Laranjal, só carecendo, em meu entendimento, de farmácia 24 horas, pois as que são localizadas no centro não fazem tele-entrega, principalmente à noite.

Não só as instituições, mas cada pessoa deve se sentir responsável pelo local que habita procurando mantê-lo limpo, evitando a degradação do meio ambiente o que é fundamental para evitar que mais catástrofes ocorram. Mesmo com a intensa divulgação dos meios de comunicação, parece que muitas pessoas ignoram que ações simples, como jogar o lixo no local apropriado fazem a diferença. Infelizmente, é o que se constata ao observar a quantidade de lixo que é jogado na praia. Não é por falta de limpeza não, pois esta é feita, regularmente, começando por volta das 8 horas da manhã. A população é que não valoriza e não coopera.

Acho que as escolas localizadas na praia poderiam através dos alunos, conscientizarem os pais.



Se fossem aplicadas multas, talvez a conduta fosse outra. Porque não agir espontaneamente, com consciência e sem coerção?


Imagens Publicadas:





Também publicamos no site da RBS matéria sobre a precariedade das ruas do Laranjal onde até uma retro-escavadeira atolou:





http://wp.clicrbs.com.br/pelotas/2010/09/15/trator-atola-em-rua-do-laranjal/



TRATOR ATOLA EM RUA DO LARANJAL

VEICULADO EM 15102010

Moradores do Laranjal estão padecendo com a situação das vias de trânsito devido às obras de implantação da rede de esgoto. Na rua Hulha Negra, uma máquina da empresa contratada para executar o serviço atolou nesta quarta-feira (15) pela manhã. Ruas adjacentes também estão precárias e praticamente intransitáveis. A última foto mostra como a rua era antes das obras.

Foram apresentadas várias fotos e o contraponto do Sr. Diretor do Sanep.

Concluindo:

As notícias visam não a desvalorização do local mas a busca de sua melhoria , o incentivo ao seu desenvolvimento pois não podemos ser ingênuos acreditando que outros lugares não tenham problemas e que tudo seja perfeito. Perfeição não há, o que há é natureza ofertada pelo Criador, trabalho, envolvimento, conscientização, vontade política, empreendedores, comprometimento e engajamento da sociedade civil.



Marcadores: ,

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home