quinta-feira, março 24, 2011

Criaturas






Olho de minha porta

Vejo a lua escancarada

No céu a reinar

E caminhos iluminar.

Majestosa me faz de ti lembrar

Pela grandiosidade

E humildade ao dividir o firmamento

Com todos os astros.

Foste céu , lua, estrela

A todos encantar

Foste sol

Ardente , majestoso

Em sua tarefa celestial de

Nossa vida aquecer

Foste galáxia de bons sentimentos

A todos envolvendo.

Hoje, magnânimo em sua humildade

Incólume, incorruptível

Soberano

Vives longe das mazelas humanas

Entre astros, duendes e elementais

Na nobre missão de a todos ajudar.





Publicado na Revista Eletrônica

http://www.cantodoescritor.com.br/lapiseluz/
Edição nº 02 Abril 2011

Publicado no Diário da Manhã-Pelotas-RS
Data: 2011.05.31
Terça-feira-página 19
















0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home