domingo, setembro 12, 2010

DESCOMPASSO


Setembro chegou

E tu filho amado

Não chegaste junto.

Os pássaros cantam alegremente

E eu não ouço tua voz.

Os filhotes crescem felizes

E eu não te vejo mais crescer.

A paisagem começa a colorir

E meu mundo não se veste de cor.

As flores desabrocham

E meu coração se fecha.

A chuva rega as plantas

E as lagrimas regam minha dor.

Dizem que é preciso encontrar a esperança

Que retorna na primavera,

Mas meu calendário

Perdeu o compasso,

Pois continua no rigor do inverno

Com a neve a gelar meu peito,

Endurecer as mãos

Embranquecer meu semblante

Pela falta do exercício diário

De receber o amor

Que emanava de ti,

De segurar tuas mãos

E sentir o calor

Que irradiavas com um simples olhar.










música selecionada no mp3 de meu filho.
Publicado na Antologia On Line da Câmara Brasileira de Jovens Escritores
http://www.camarabrasileira.com/apol71-023.htm

Publicado na Antologia de Poetas Brasileiros Contemporâneos 71
Primeira Edição 2010-BrLetras-CBJE
ISBN-978-85-604489-27-5


Publicado no Diário da Manhã-Pelotas-RS
Data:2010.11.05-Sexta-Página 11

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home